Não sei se errei!



..Aquela bendita mania de me jogar, como se não tivesse mais nada...

Acreditei que ia ser para valer, para sempre, como nunca foi com ninguém, fiz de uma forma, diferente, para que não tivesse erro nenhum, podíamos ter dado certo, de verdade, de uma forma única.

Porém não deu, e hoje doí como nunca pensei que doeria, eu apostei de verdade, tudo aquilo que tinha e o que não tinha também, era para ser eu, você e mais ninguém. Mas nem tudo são de acordo com os nossos planos.

Hoje, sentada aqui nesse canto, deixando ás lagrimas escorrerem, me lembro da sua frase:

- Infelizmente o amor acabou, relaxa que essa dor um dia passa.

Eu relaxei, respirei, e tentei seguir em frente, esperando essa bendita dor passar e acabar, porém, me falta o ar, de tanto chorar, nunca imaginei chorar por alguém dessa forma, hoje estou chorando, me acabando e essa dor não está passando.

Puxei na memória tudo aquilo que vivemos, e o que deixamos de viver, tentando entender qual foi o meu maior erro, buscando a correção para que se um dia você voltar, eu não faça novamente, porém nada me recordo.

Acredito que não tenha errado, fiz tudo da melhor forma, espero que você saiba que o amor continua aqui, eu não medi minhas consequências por te amar por demais, pois quer saber eu não me arrependo ter te amado.

...Chorei, berrei e está difícil para caramba te esquecer, na verdade não tenho a intenção de que isso aconteça, tenho paciência, amor e o sentimento vai permanecer aqui no coração.


0 comentários:

Postar um comentário

<< >>