Livre de qualquer coisa que sentia por você!

"Ninguém tem noção de quantos goles eu dei, até conseguir falar".

Deveria falar de todas ás vezes que te procurei e não obtive resposta, por orgulho seu, diversas vezes deixei o orgulho de lado para te fazer bem, para esquecer tudo o que passou e aconteceu, você nem ao menos valorizou, decidi me afastar e assim o fiz, evitava frequentar os mesmos lugares que você, não queria ter que te ver e te encarar, engoli muita coisa para que pudesse dar certo e você nem valorizou, porém nem todo desejo é eterno e nem todo o encontro pode ser evitado, te encontrei em um casamento de um amigo em comum, imaginei que esse encontro, por esse motivo me arrumei e fui preparada.

Você como sempre cheio de graça, se aproximou, me cumprimentou e fez questão de permanecer na minha mesa, puxava assunto comigo e eu te evitava, não queria falar, tinha muita coisa entalada na minha garganta e sabia se você continuasse a falar eu não aguentaria, peguei uma taça de champanhe, me levantei e fui tomar um ar, você veio logo em seguida:

- Está fugindo de mim minha linda.

Respirei, tomei um gole de champanhe, te encarrei e comecei:

-  Escute aqui se afaste de mim, mantenha distância, não desejo mais você perto de mim, você me faz mal e sim é um perfeito idiota, não estou fugindo de você, não te quero mal e muito menos bem, eu simplesmente não te quero mais, não comece a agir como se tudo fosse natural, porque não é, você me fez mal, me deixou no chão e hoje fica ai com essa cara, como se tudo estivesse muito bem.

Você nada falava, ficou durante algum tempo olhando para mim e quanto tentou falar, eu novamente te interrompi.

- Não precisa falar, nem se de o trabalho de explicar nada, pode ficar onde está, você teve muito tempo para tentar consertar ás coisas e nada fez, então hoje eu não quero explicações, lamentações, olhares e muito menos comentários, eu segui, parti e reconstruí a minha vida, então por favor, não comece com esse seu discurso e nem com esse seu papel de vitima, faz um favor, me esquece, pois isso eu já fiz a tempos.

Virei ás costas e segui em frente, porém andei mais leve, como se tivesse deixado uns cinquenta quilos para trás, você nada falou, passou por mim e nenhuma palavra mais tocou, foi melhor assim, de pessoas igual você eu desejo toda a distância do mundo. Afinal hoje eu sou livre!

Foto: @rafaelfreiiire







0 comentários:

Postar um comentário

<< >>