E talvez você possa entender!

"Sempre que me pedem para falar de alguma coisa boa, nessas lembranças você está, talvez porque você é a melhor lembrança que tenho!"

É inacreditável como o coração faz questão de nos enganar, jurava que poderia passar despercebido tudo que sinto por você e durante algum tempo eu tento esconder, mas deixa eu te falar uma coisa, talvez não seja nada disso que esteja pensando, pode ser que não nascemos para dar certo ou talvez eu seja realmente seu amor, só que você não se deu conta disso. 

(...) parece que foi ontem, lembro-me a primeira vez que te vi e a forma como meu coração acelerou, desde aquele momento eu sabia que você estaria para sempre na minha vida, só não sabia de que forma, o tempo foi passando e nosso carinho aumentando, eu fui me ajeitando e ocupando o espaço e amiga na sua vida, mas deixa eu te contar uma coisa, meu coração bate mais forte por você, será que você nunca percebeu? Quando estou perto de você eu fico meio sem jeito, sem graça e por vezes até me afasto, porém meu coração não te deixa, ele insiste em te querer, mesmo quando eu insisto em te esquecer. Já tentei te esquecer, me afastar, porém não é possível, não sei se você reparou, eu não sou mais menina, sou uma mulher e hoje é a mulher que fala contigo, me dá uma chance e me deixa tentar te fazer feliz.

Odeio esse status de amiga, odeio esse seu cuidado excessivo comigo, ataques de ciúmes, devo confessar que algumas vezes me pego olhando nossas fotografias e imaginando a gente junto, além de amigos, um casal, será que sobreviveríamos as manias e chatices um do outro, sei dizer todos os seus gostos de olho fechado, conheço todos seus horários e costumes, sua cor preferida, comida e até mesmo perfume, sei mais de você do que de mim.

"Hoje eu abri meu coração e por favor se você entender os sinais, olhe com carinho para cada um deles, meu coração precisa disso".


0 comentários:

Postar um comentário

<< >>