Última vez.

E sentada na cama sinto suas mãos sobre mim, algo me diz que vou me entregar a você mais uma vez, tento ser forte e tento resistir. Porém o calor que sai do meu corpo é notório, impossível esconder de você oque eu sinto, eu desejo você, nem que seja pela última vez eu desejo.
Você levanta para tomar banho e me deixa ali, entregue ao desejo e sozinha, rapidamente minhas mãos invadem minha calcinha, preciso me saciar, e procuro me saciar antes que você volte.
Me toco,
me dedilho,
e me dedico.
Conheço cada detalhe do meu corpo e sei cada parte que me da prazer, faço isso de olhos fechado, e quando no ápice jogo o meu corpo para frente e abro meus olhos, você está ali, parado na minha frente.
Nenhuma palavra foi dita, nossos corpos falaram por si só, estou entregue em seus braços novamente, meu corpo lhe pertence, só essa vez, só mais essa vez, pela última vez.




0 comentários:

Postar um comentário

<< >>